Dano na suspensão causou abandono de Nelsinho Piquet na 1ª volta do ePrix de Hong Kong

O ePrix de Hong Kong, 50ª corrida da Fórmula E, foi marcada pela pista úmida e as condições desafiadores de pilotagem. Após uma qualificação difícil, Nelsinho Piquet largou na 15ª posição e abandonou a corrida na primeira volta, após danos em na suspensão de seu T-TYPE 3 da Jaguar.

Seu companheiro de equipe, Mitch Evans, continuou com sua sequência terminando na zona de pontuação em todas a corridas da temporada. Evans largou em 17º e ganhou 10 posições durante o ePrix.

“Dado o clima e as circunstâncias do dia, estou feliz por sair com pontos para a equipe”, disse Evans. “Quando você largar na parte de trás do grid, o foco tem que ser em terminar entre os 10 primeiros e conseguimos isso”, acrescentou.

Nelsinho Piquet acrescentou sobre a dificuldade em largar na parte de trás do pelotão, onde os riscos de incidentes são bem maiores.  “Quando você se qualifica no final do grid, você se coloca em uma situação onde a chance e um acidente acontecer é alta, porque você deve ser agressivo para tentar ganhar posições”, disse Nelsinho.

“Um pequeno toque no carro e você pode sofrer danos, o que é um risco. Foi isso que aconteceu hoje e, embora frustrante, isso faz parte do automobilismo.

“Melhorar na qualificação” é mesmo o que a Jaguar precisa, com um bom ritmo de corrida e uma boa eficiência energética do I-TYPE.

“Precisamos nos concentrar em melhorar a qualificação para nos dar o melhor começo possível e reduzir esses riscos”, acrescentou Piquet.

James Barclay, chefe da Panasonic Jaguar Racing, concorda com a afirmação de Nelsinho, e elogiou a recuperação de Evans, terminando novamente nos pontos.

“As condições foram complicadas durante todo o dia para todos os pilotos. Mitch se mostrou muito maduro para escalar o grid durante a corrida”, disse Barclay.

“Sabemos que o Jaguar I-TYPE tem boa eficiência energética e ritmo de corrida, mas a qualificação ainda é o nosso ‘calcanhar de Aquiles’.

“Com o ritmo de corrida, uma qualificação forte fará toda a diferença.

“Como vimos em Hong Kong, as primeiras voltas são um risco e Nelson infelizmente foi apanhado por um desses incidentes, abandonando a corrida”, concluiu.

A Fórmula E permanece na Ásia para a sexta etapa da temporada 2018/19, o ePrix de Sanya, que acontecerá na madrugada de sábado (23) para domingo (24 de março).

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: