D’Ambrosio deve deixar a Dragon Racing na temporada 2018/19

Jerome D’Ambrosio deve deixar a Dragon Racing no final do ano depois de quatro temporadas com o time americano, revelou o site ‘e-racing365’.

O belga, que competiu em todas as corridas da Fórmula E até o momento, agora está analisando opções alternativas para estar no grid na temporada 2018/19, quinta temporada.

Apesar de não querer confirmar sua saída da equipe quando abordado pelos repórteres do ‘e-racing365’ no ePrix de Berlim no último final de semana, D’Ambrosio disse que “nada está definido para mim ainda na quinta temporada. Nós apenas teremos que esperar e ver o que acontece.”

A publicação também afirmou que a equipe Dragon investigou a possibilidade de substituir D’Ambrosio pelo piloto de testes Maximilian Guenter no ePrix de Berlim, vice-campeão de F3 em 2016.

No entanto, o plano não entrou em vigor, o que significa que D’Ambrosio completará sua quarta temporada com a Dragon, de propriedade de Jay Penske, já que as equipes não podem fazer alterações na programação nos três eventos finais.

O piloto de 32 anos, que disputou a Fórmula 1 com a Lotus e Virgin entre 2011-12, teve duas vitórias na F-E. Uma em Berlim na temporada passada e outra na Cidade do México na segunda temporada.

D’Ambrosio terminou em 18º na classificação da terceira temporada e atualmente é o 17º, com seu melhor resultado até agora uma P7 no primeiro ePrix de Roma.