CEO da FE diz que finalmente “sonho” da corrida em Roma se realizou

Alejandro Agag, CEO da Fórmula E, diz que o campeonato elétrico finalmente alcançou seu objetivo de ter uma corrida em sua “primeira cidade amorosa” com o inaugural Rome E-Prix.

Agag expressa seu carinho pela cidade italiana, por Roma ter participado como o primeiro ponto na Europa, a entrar no calendário preliminar da FE, ainda durante a primeira temporada, em 2014/2015. Agora a cidade se tornará o 18º local a sediar um evento da categoria elétrica, com a corrida deste sábado (14).

“Roma foi a primeira (cidade onde a Fórmula pretendia competir) e isso é um fato. Havia muita imprensa lá, fizemos uma coletiva há cinco anos, os dois presidentes (o presidente da FIA, Jean Todt, e o Angelo Sticchi Damiani, do Automobile Club d’Italia) estavam lá e foi nossa primeira cidade que sonhamos em correr”, disse Agag.

“Finalmente hoje nós fazemos disso uma realidade – então isso é enorme para nós”, revelou o CEO da FE, em reunião do Forum Smarty Cities em Roma.

Jean Todt, presente no evento, expressou sua crença de que as dificuldades em organizar um evento de automobilismo, nos centros das cidades, não devem ser subestimadas.

“Acho que as pessoas subestimam o quão difícil é organizar as corridas da Fórmula E em uma cidade grande – não são todos que aceitam isso. Cinco anos atrás (Roma) foi anunciada e, no último minuto, o (então) prefeito não teve coragem de dizer vamos lá, siga em frente”, explicou Todt.

Virginia Raggi, atual prefeita de Roma, participou da coletiva de imprensa, ao lado de Agag e Todt, e respondeu a expectativa de receber a corrida: “Eu realmente quero agradecer de novo (a FE ter vindo a Roma) porque eles acreditam em Roma”, disse Raggi a Agag.

 

Alejandro Agag - Jean Todt - Virginia Raggi - Sticchi Damiani
Foto: FIA

Sticchi Damiani, Alejandro Agag, Virginia Raggi e Jean Todt, presentes na conferência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *