Wolff ficou surpreso com a falta de ritmo da Ferrari na China

Toto Wolff afirmou que a Mercedes foi surpreendida pela falta de ritmo da Ferrari no Grande Prêmio da China.

A Mercedes garantiu a terceira dobradinha consecutiva no Grande Prêmio da China após as corridas no Bahrein e na Austrália, a primeira vez que isso aconteceu desde a temporada de 1992 sob o domínio da Williams. É bem sabido que a Ferrari tem velocidade superior em linha reta, mas na China, a equipe perdeu muito nas curvas mais lentas, o que custou caro, já que a Mercedes abriu para a vitória.

Wolff comentou que estava ciente de seus pontos fortes, mas surpreso com a queda da Ferrari nas curvas dizendo: “Acreditava que sua vantagem em linha reta, especialmente nas voltas iniciais, seria um perigo para nós, e quando o DRS fosse ativado, ainda mais.

“Nós não os vimos chegando perto”.

“Mas foi uma surpresa”.

“Com cada equipe, você precisa obter o equilíbrio certo entre o poder de arrasto e o nível de downforce”, acrescentou o austríaco.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Resumão do fim de semana do GP 1000 de Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: