Williams precisa de mais tempo para resolver problemas no FW41

Paddy Lowe diz que os problemas da Williams ainda levarão mais tempo para serem resolvidos.

O piloto russo Sergey Sirotkin admitiu que o carro de 2018 foi “o mais lento” no GP do Canadá, no último domingo, indicando que a equipe está lutando para resolver suas questões.

“Os problemas que tivemos no Canadá são os mesmos que tivemos desde o início da temporada. Eles estão relacionados à aerodinâmica e a solução leva tempo. Nós entendemos as causas, mas ainda não é fácil eliminar os problemas”, disse o diretor técnico Paddy Lowe.

Segundo Lowe a situação é difícil para toda a equipe, desde os pilotos até os mecânicos e além.

“É um momento difícil para todos, especialmente para a equipe de corrida na pista, porque a mesma quantidade de trabalho é feita independentemente de o carro estar rápido ou lento”, explicou.

Ainda conforme o técnico, Sirotkin e seu colega de equipe, Lance Stroll, tem demonstrando a “atitude certa”: “Em situações difíceis, alguns pilotos começam a perder a paciência e podem afetar emocionalmente todos”, revelou o diretor.

“Eu trabalhei com um excelente piloto em particular, que venceu muitas corridas e mais de um título, que no final de uma corrida diria o que ele pensa. Então, diferentes pilotos se comportam de maneira diferente nesta ou naquela situação”, disse Lowe, em clara referência a suas temporadas na Mercedes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *