Williams faturou muito bem apesar do pesadelo na pista

A Williams revelou seus resultados financeiros impressionantes para o ano de 2018, apesar de suas performances difíceis na pista, que os levaram a cair nos últimos anos, e terminaram em último na última temporada.

Eles conquistaram apenas oito pontos na temporada passada, mas sua receita aumentou em mais de 5 milhões de libras, de 125,6 milhões de libras para 130,7 milhões de libras.

Mike O’Driscoll, o CEO da Williams, falou sobre a construção para o futuro dizendo: “Nossa equipe de F1 tinha grandes expectativas, de que poderíamos construir quatro anos de desempenho muito sólido no Campeonato de Construtores da FIA”.

O’Driscoll também acredita que a equipe tem lutado para competir tecnicamente, e está olhando para as mudanças de 2021 da Liberty Media, que devem tornar o pelotão intermediário mais competitivo.

“Mas, infelizmente, lutamos para manter o ritmo de desenvolvimento técnico e suportamos uma temporada difícil”.

“Há uma lacuna muito grande nos gastos competitivos entre as equipes líderes e o resto do grid, mas estamos cada vez mais esperançosos de que a visão de longo prazo da Liberty Media, e os planos para o futuro do esporte, possam oferecer um campo de atuação mais nivelado, e todas as equipes poderem competir de forma justa”, acrescentou.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: