Williams espera diminuir a diferença com novos componentes

Após um começo desastroso na temporada 2019 para a Williams, Dave Robson, seu engenheiro sênior de corrida, revelou que a equipe está fazendo melhorias depois de testar novos componentes, e espera diminuir ainda mais a diferença nas próximas corridas.

A Williams terminou em último lugar em todas as corridas até agora nesta temporada, mesmo tendo uma nova dupla de pilotos. A parceria de Robert Kubica e George Russell ainda está para render algo significativo, com o novato, Russell superando Kubica em todas as corridas.

Falando após o Grande Prêmio da China, Dave Robson afirmou que a equipe teve uma boa corrida na China e pode ver resultados no horizonte.

“Tivemos uma corrida agradável na China e fomos capazes de disputar com alguns carros que se encontravam um pouco fora de posição, após os incidentes da primeira volta”, disse Robson.

“Tivemos corridas limpas e bem pilotadas por ambos os pilotos, e conseguimos executar uma estratégia sensata de uma parada com Robert”.

“Fizemos algumas melhorias no carro neste final de semana e começamos a diminuir a diferença”.

“Também testamos alguns novos componentes, que podem nos ajudar a diminuir ainda mais a diferença nas próximas corridas”.

“A próxima corrida nas ruas de Baku representará um novo conjunto de desafios, mas estamos prontos para enfrentá-los enquanto continuamos a aprender sobre o FW42”, finalizou.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Resumão do fim de semana do GP 1000 de Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: