Vettel muda estratégia e vence corrida “fantástica” no Bahrain

Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu a “fantástica” corrida do Grande Prêmio do Bahrain de F1. O alemão improvisou na estratégia para garantir a vitória emocionante, no braço, em disputa intensa com Valtteri Bottas nas voltas finais da corrida. Bottas também fez uma grande corrida e chegou colado no alemão. Lewis Hamilton foi o terceiro depois de largar em nono.

A corrida foi marcada pelo incidente nos boxes da Ferrari. Durante sua parada, Kimi Raikkonen recebeu a luz verde mais ainda havia um mecânico na “linha” de saída do finlandês. O mecânico quebrou a perna e foi encaminhado para o hospital. Não há mais informações sobre o estado de saúde do mecânico da Ferrari. O mecânico estava no caminho porque não havia conseguido trocar o pneu traseiro esquerdo, então Raikkonen abandonou poucos metros depois, ainda no pitlane, pois estava com três pneus supermacios e um macio, o que não é permitido.

Apesar da pilotagem impecável de Vettel, o destaque foi dividido com Pierre Gasly da Toro Rosso. O francês terminou na P4 em uma brilhante atuação com seus novos motores Honda.

Kevin Magnussen foi o quinto colocado com a Haas, destacando-se na briga interna com Romain Grosjean que terminou apenas em 15º, à frente somente da decepcionante Williams. Lance Stroll foi o 16º e Sergey Sirotkin o 17º.

A Red Bull teve um final de semana para se esquecer no Bahrain. No começo da corrida um toque entre Max Verstappen e Lewis Hamilton na disputa pela 9ª posição acabou com um pneu furado para o piloto da Red Bull. Verstappen ainda se arrastou para os boxes e tentou voltar, para abandonar definitivamente algumas voltas depois. Seu companheiro de Red Bull, Daniel Ricciardo, também abandonou, este com problemas elétricos.

A Fórmula 1 volta na próxima semana com o GP da China, terceira etapa da temporada 2018 de Fórmula 1.

 

Confira o resultado do GP do Bahrain de 2018:

1) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
2) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
3) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
4) Pierre Gasly (FRA/Toro Rosso-Honda)
5) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)
6) Nico Hülkenberg (ALE/Renault)
7) Fernando Alonso (ESP/McLaren-Renault)
8) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Renault)
9) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)
10) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes)
11) Carlos Sainz (ESP/Renault)
12) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)
13) Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso-Honda)
14) Charles Leclerc (MON/Sauber-Ferrari)
15) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)
16) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)
17) Sergey Sirotkin (RUS/Williams-Mercedes)
OUT) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)
OUT) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer)
OUT) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *