Temperatura dos pneus será o grande desafio no Canadá, indica a Pirelli

A Pirelli acredita que o maior desafio no Grande Prêmio do Canadá deste final de semana será gerenciar a temperatura dos pneus.

A fornecedora oficial de pneus da Fórmula 1 optou pelos mesmos pneus utilizados no GP de Mônaco. Os compostos C3, C4 e C5 – respectivamente, macio, médio e duro – estarão disponíveis para as equipes em Montreal.

O chefe da Pirelli, Mario Isola, acredita que a temperatura dos pneus será o grande desafio para as equipes durante a corrida no Canadá.

“Em termos gerais, nossa indicação para o Canadá é quase a mesma do ano passado, quando os hipermacios também fizeram sua segunda aparição depois de Mônaco”, disse Isola, citado pelo ‘The Chequered Flag’.

“A principal diferença é que o composto mais duro disponível neste final de semana é um pouco mais duro do que o do ano passado, e não há equivalente ao supermacios em 2019, então as escolhas são diferentes.

“Embora tenhamos a mesma nomeação do Mônaco, algumas das equipes compararam Montreal mais com Baku (Azerbaijão) – onde fizemos uma seleção mais ‘dura’ – por causa das velocidades mais altas, retas mais longas e o desafio de equilibrar a temperatura dos pneus dianteiros e traseiros no carro.”

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE BERLIM | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 10ª etapa:

 

Lucas di Grassi comenta VITÓRIA no ePrix de Berlim 2019 – Fórmula E:

 

STOCK CAR 2019 | Goiânia | MELHORES MOMENTOS (4ª e 5ª etapa):

 

WILSINHO FITTIPALDI e seu “ADEUS” para NIKI LAUDA:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: