Stroll tem “relação de amor e ódio” com a F1

Lance Stroll é responsável por todos os pontos que a Williams marcou nesta temporada, mas as lutas contínuas de sua equipe estão começando a pesar para Stroll.

Stroll é o piloto mais jovem a subir no pódio, mas ele não vai chegar nem perto disso tão cedo na Williams, com a maneira como as coisas estão indo na equipe. Eles nem sequer têm a Sauber atrás deles no campeonato de construtores, estão em último agora.

“A Fórmula 1 é como uma montanha-russa”, disse Stroll à Autosport.

“O esporte tem um relacionamento de amor e ódio, e você precisa do seu orgulho em tempos difíceis como esses”.

“Lembrar os bons tempos e acreditar que isso vai melhorar é crucial”.

“Ter motivação para trabalhar e manter a moral continua importante, não importa qual seja a situação”.

“O esporte muda constantemente, e você precisa estar pronto para quando o momento chegar e fazer a diferença.”

Tipo de declaração vaga do jovem Stroll, que pode estar indo para a Force India depois que seu pai está entre os investidores que compraram a equipe. Por enquanto, porém, ele terá que fazer o melhor das coisas na Williams, querendo ou não.