Sainz teve que ‘lutar’ com a nova superfície da pista

A McLaren teve um resultado misto durante a qualificação, com Lando Norris terminando a sessão em 8º e o companheiro de equipe Carlos Sainz, em 13º. O espanhol não conseguiu explicar por que seu carro estava perdendo aderência, mas espera resolver o problema a tempo da corrida de amanhã.

“Perdemos meio segundo do Q1 para o Q2, e é muito difícil explicar o porquê”, disse Sainz ao site oficial do F1, depois da classificação. “Perder meio segundo durante a qualificação é muito difícil de explicar. Eu não tenho confiado na traseira do carro, e tenho lutado com a nova superfície da pista.”

“Eu diria que o Q1 foi positivo, mas conforme as sessões continuaram, ficou pior e pior”.

“Não sei! Toda nova volta eu tive menos aderência, e a parte traseira apenas não estava firme. É difícil explicar, mas esperamos encontrar uma explicação.”

A Renault espera que esse problema ocorra novamente para a McLaren amanhã, já que a disputa no pelotão intermediário esquenta, e as duas equipes se desafiam pelas posições na zona de pontuação.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IHEmXnwxu3JDk3pmRviZ7r

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Os CAMPEÕES da FÓRMULA E até a temporada quatro:

 

ePRIX da SUÍÇA | Melhores Momentos | 11ª etapa Fórmula E 2018/19:

 

Análise: Vettel CULPADO ou INOCENTE no GP do Canadá? partc. Sérgio Milani. Veja abaixo:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: