Russell diz que Williams parece mais próxima das outras equipes

O estreante da Williams, George Russell, acredita que a equipe de Grove se aproximou do resto do grid, apesar de o atual campeão da Fórmula 2, estar a mais de três segundos e meio, do tempo de qualificação na China.

A equipe britânica não teve o caminho para a recuperação que gostaria nesta temporada, terminando nos dois últimos lugares na Austrália e no Bahrein. Ainda assim, antes de se classificar na China, Russell foi positivo sobre como a equipe Williams já cresceu na nova temporada.

“Parecemos estar mais próximos de todos os times do que nas duas corridas anteriores, então estamos indo na direção certa”, disse o piloto de 20 anos.

“Temos que aproveitar ao máximo, continuar progredindo, entender o carro e ver o que podemos fazer amanhã”, concluiu ele.

Na qualificação, Russell venceu seu companheiro de equipe Robert Kubica mais uma vez, e desta vez a dupla não vai largar da última fila, pois Alexander Albon, da Toro Rosso, e Antonio Giovinazzi, da Alfa Romeo, não disputaram a qualificação.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Chegou o GP 1000 da Fórmula 1:

 

Vettel bate repetidas vezes no simulador em Xangai:

 

ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: