Rosberg contente por não estar mais na Fórmula 1

O campeão mundial de 2016, Nico Rosberg, afirmou que está feliz por estar fora do cockpit e longe da Fórmula 1.

Ele surpreendeu o mundo da Fórmula 1 ao se afastar depois de conquistar o título em 2016, tendo dedicado tanto de si para triunfar em sua batalha com o companheiro de equipe na Mercedes, Lewis Hamilton.

Falando na televisão alemã, Rosberg disse que estava feliz por estar longe do esporte, com a velocidade dos carros aumentando desde que ele se afastou.

“Tenho que confessar, há momentos em que estou assistindo e penso: ‘É bom que eu não esteja nesse carro’.”

“Em Baku, por exemplo, quando correm pelas ruas de uma cidade a uma velocidade de 360 ​​km/h, a milímetros de distância de uma parede”.

“Ao contrário dos outros pilotos, não sou um verdadeiro demolidor”, insistiu ele. “Sim, houve momentos em que eu estava com medo.”

Rosberg também acrescentou que teve dificuldades a princípio depois de deixar o esporte, mas afirmou que a família e outros empreendimentos, o mantiveram ocupado o suficiente.

“Naquela época, quando decidi deixar o esporte, não fazia ideia de como seria em dois ou três meses ou um ano”.

“Foi uma parada completa, algo fundamental em minha vida desapareceu de repente”.

“Por sorte, tive minha família e outras paixões. Rapidamente encontrei um novo caminho para mim. Foi a melhor decisão”.

“Eu não sinto falta de nada, e para mim isso é uma grande coisa”, concluiu.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – “F1 2019 | Toro Rosso apresenta o STR14”:

 

F1 2019 | Som do motor da RENAULT”:

 

F1 2019 | Som do motor da TORO ROSSO e RED BULL:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS:

 

EXTREME E | Corrida elétrica de SUVs será disputada nos cantos mais remotos do mundo | Entrevista com GIL DE FERRAN:

 

Confira os melhores momentos da Fórmula E em Santiago: