Ricciardo deixou a Red Bull por causa de Verstappen, diz Franz Tost

Franz Tost, chefe da Toro Rosso, acredita que Daniel Ricciardo deixou a Red Bull por causa da ameaça que Max Verstappen era para ele. O holandês é um dos pilotos mais talentosos do grid, e a equipe deixou claro que ele seria o favorito no futuro. Ricciardo viu que ele não era tão favorecido e optou por encontrar um time diferente.

“Max é atualmente um dos pilotos mais rápidos”, disse o chefe da Toro Rosso ao Motorsport.com.

“Acho que uma das razões pelas quais Ricciardo partiu, foi certamente Max. Porque ele pensou: “Eu não vou mais vencê-lo tão facilmente”.

“Ele percebeu que nem sempre precisa atravessar a parede com a cabeça”, disse Tost.

“Agora ele chegou a um nível em que competirá por vitórias e pelo campeonato mundial, se tudo acontecer bem”.

“Ele também mostrou super manobras de ultrapassagem, nas quais você não teve a impressão de que estava no limite de uma faca. Ele realmente tem essa maturidade agora, o que torna possível para um piloto disputar um campeonato mundial.”

A transferência de Daniel Ricciardo para a Renault ainda precisa mostrar resultados, mas o australiano espera que possa ganhar forma e caminhar para vitórias nos próximos anos.