Retorno de Daniil Kvyat à Fórmula 1 deve ser anunciado na Rússia pela Toro Rosso

O retorno de Daniil Kvyat para a Fórmula 1 em 2019 deve ser confirmado pela Toro Rosso no Grande Prêmio da Rússia.

Kvyat foi retirado completamente do programa da Red Bull em 2017 e se juntou à Ferrari como piloto de desenvolvimento para a temporada de 2018.

Mas, com Pierre Gasly indo para a Red Bull para substituir Daniel Ricciardo, da Renault, o russo – apelidado de “O Torpedo” – deve ser recebido de volta para a família Red Bull e a confirmação está prevista para a próxima corrida em Sochi.

O ex-piloto da Red Bull que se tornou o radialista da ‘Ziggo Sport’, Robert Doornbos, e outro piloto Nick de Vries afirmaram que o acordo foi concluído.

“Ele vai pilotar pela Toro Rosso no próximo ano. Contrato assinado”, disse Doornbos à ‘Ziggo Sport Totaal’.

De Vries também disse à emissora holandesa: “Os contratos foram assinados no sábado em Monza. Eu estive lá todo o final de semana”.

O consultor de automobilismo da Red Bull, Dr Helmut Marko, também deu a entender que Kvyat está de volta ao grupo.

Perguntado se será Kvyat, Robert Kubica ou Antonio Giovinazzi na Toro Rosso no próximo ano, ele disse à ‘Sky Italia’: “Um deles. Eu vou te contar em Sochi”.

Kvyat também avisou a Ferrari que ele pretende deixar a equipe no final da temporada.

O lugar de Brendon Hartley na Toro Rosso na próxima temporada não é seguro, mas não parece haver outro retorno de Sebastien Buemi.

O piloto reserva fez um molde de banco na equipe júnior da Red Bull antes do Grande Prêmio de Singapura, mas o chefe da Red Bull, Christian Horner, acha que sua agenda já está cheia com seus compromissos com o WEC e a Fórmula E.