Pirelli destaca estratégias mais rápidas para o GP da China de 2019

O fornecedor de pneus da Fórmula 1, Pirelli, espera que uma estratégia de um pit-stop será a abordagem favorita tomada pelos pilotos no GP da China.

O circuito de Xangai produz uma alta degradação dos pneus macios, mas o top 5 no grid não largarão com os pneus de banda vermelha. Todos os pilotos da Ferrari e Mercedes, juntamente com Max Verstappen, da Red Bull, largarão com os pneus médios depois de usarem o composto para seus mais rápidos esforços no Q2.

O restante do top 10 – Pierre Gasly (Red Bull), a dupla da Renault, Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg, e a dupla da Haas, Kevin Magnussen e Romain Grosjean – largará com os pneus macios.

Os pilotos na metade de baixo do grid terão a escolha livre do composto com o qual largarão.

A Pirelli acredita que a estratégia mais rápida para a corrida de 56 voltas é uma abordagem de macios/duros e parada depois de 18 voltas.

Ela reconhece que a segunda abordagem mais rápida é ir com médios/duros e fazer uma única parada na volta 19.

Uma estratégia alternativa potencial é fazer dois stints de 15 voltas com os macios antes de calçar os pneus duros até o fim da corrida.

A Pirelli descreve todas as três estratégias como “muito próximas no papel”, mas alertou que temperaturas mais altas do que as esperadas devem acontecer em Xangai no momento da corrida, então degradação ainda mais alta pode levar os pneus macios a precisarem ser trocados ainda mais cedo.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Chegou o GP 1000 da Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: