Pirelli considera que estratégia de parada única não é a mais rápida

O diretor de automobilismo da Pirelli, Mario Isola, acredita que as estratégias de duas ou três paradas, são ligeiramente mais rápidas do que apenas uma parada, mas as equipes optam por uma parada porque é menos arriscado e envolve menos ultrapassagens. Ele acredita que uma parada precisa ser cerca de 10 segundos mais lenta, antes que as equipes pensem em optar por duas paradas.

“Talvez com os números que temos, seja normal que a estratégia de uma parada seja a mais rápida”, disse ele a RaceFans.

“No papel, não é o mais rápido. Se você olhar os números e tentar fazer uma simulação, terá números que tornam uma parada, duas ou três, muito semelhantes. Mas o que aprendemos é que, se você tem uma, duas e três estratégias que são muito parecidas, todas segmentarão em uma parada, porque é menos arriscada, sem ultrapassagem, sem tráfego e assim por diante”.

“Então, tentamos no ano passado selecionar compostos com o objetivo de ter uma estratégia de duas paradas, que fosse cinco segundos mais rápida do que uma parada única. Aprendemos que cinco segundos não são suficientes porque, com cinco segundos, eles ainda têm como alvo a parada única. Então agora estamos tentando entender qual é a diferença certa. Isso é provavelmente entre oito e 10 segundos”.

Será interessante ver se a Pirelli tornará os compostos diferentes no futuro, o que levará a mais paradas nos boxes, e em última análise, mais disputas nas corridas.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Os CAMPEÕES da FÓRMULA E até a temporada quatro:

 

ePRIX da SUÍÇA | Melhores Momentos | 11ª etapa Fórmula E 2018/19:

 

Análise: Vettel CULPADO ou INOCENTE no GP do Canadá? partc. Sérgio Milani. Veja abaixo:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: