Pirelli acredita que pilotos devem ser capazes de pressionar mais nesta temporada

O chefe de automobilismo da Pirelli, Mario Isola, acredita que os pilotos de Fórmula 1 poderão correr muito mais perto nesta temporada, com os novos pneus produzidos pelo fabricante italiano de pneus.

Desde a introdução da Pirelli como fornecedora oficial de pneus na categoria, foram feitas críticas ao fabricante, pela produção de pneus que se degradam rapidamente e impedem que os pilotos lutem roda a roda.

A priorização da preservação de pneus também levou a estratégias das equipes, de apenas uma parada, para minimizar o tempo nos boxes, algo que Isola diz que a Pirelli levou em consideração na nova linha de pneus.

“Nossas nomeações duras, médias e macias, C2, C3 e C4 este ano, são aproximadamente equivalentes aos compostos médios e ultramacios de 2018. Isso deve permitir que os pilotos pressionem com força desde o início até o final de cada etapa”.

“Depois de um teste muito produtivo em Barcelona, nos sentimos satisfeitos por a faixa de pneus de 2019, estar em curso para atender aos nossos objetivos de combinar desempenho com durabilidade”.

“É claro que ainda há vários aspectos, como a degradação ao longo de um estágio, que só serão revelados depois dos treinos livres na Austrália”.

“Uma outra consideração importante na Austrália, será ver como as novas regras aerodinâmicas funcionam, e se isso leva a mais ultrapassagens, o que é difícil de estabelecer durante os testes”, concluiu.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: