Pierre Gasly espera que novo motor Honda ajude na briga com a Sauber nos Construtores

O piloto da Toro Rosso, Pierre Gasly, acredita que a nova atualização da Honda em seu motor pode ser parte integral de quem quer ir para o topo e deixar de brigar somente com a Sauber.

A Toro Rosso está prestes a retornar à nova versão da Honda no Brasil neste fim de semana, depois de sua decisão de não usar a atualização da montadora japonesa no México por conta dos níveis de altitude.

Gasly estava no final do grid no México, mas isso não o impediu de um impressionante 10º lugar, mas a Sauber conseguiu superar a Toro Rosso na classificação de construtores depois de terminar com seus dois carros nos pontos pela segunda vez na temporada.

O piloto francês teme que a Sauber consiga impedir um retorno da Toro Rosso na classificação com apenas duas etapas para o final da temporada da Fórmula 1.

“Eu acho que há muitas coisas positivas a serem tiradas do fim de semana”, disse Gasly. “Eu não devo tomar nenhuma punição, que será muito bom, porque nas últimas corridas têm sido difíceis.

“Sempre largando do fim do grid nos coloca em uma situação difícil para marcar pontos, e agora vamos para duas corridas cruciais para nós, com uma equipe, pela oitava posição, lutando com a Sauber.

“Há apenas três pontos, mas três caros pontos pela frente do próximo ano que terão impacto no desenvolvimento do carro do próximo ano, então realmente precisamos maximizar nossas chances e é isso que estamos agora.

“Uma nova especificação, nós temos uma atualização aerodinâmica no carro também, então devemos estar em uma posição muito boa para tentar nos defender da melhor maneira possível”, concluiu.

 

A F1Mania traz todas as informações do GP do Brasil ‘in loco’, com uma cobertura especial direto do autódromo de Interlagos.