Para Russell a Williams é mais rápida quando não é levada ao limite

George Russell disse que o carro da Williams é mais rápido quando não é levado ao limite. Até agora, em 2019, a Williams ficou em último lugar nas três corridas realizadas, com um carro muito mais lento do que o resto do grid.

Russell, que até agora superou seu companheiro de equipe Robert Kubica desde o início da temporada, acredita que o carro da Williams de 2019 pode não ser capaz de superar um projeto ruim, e portanto, é melhor que ambos os pilotos sigam de forma mais devagar nas corridas.

“Definitivamente há espaço para melhorar do meu lado. Certamente, não consegui otimizar a qualificação nas duas últimas corridas”, disse ele ao Motorsport.com.

“Acho que ainda preciso entender e respeitar as limitações do carro. Às vezes você vai pilotar mais rápido em 98% do que em 100%.”

“É um processo de aprendizado para entender o carro, e infelizmente, não podemos sair e aproveitar ao máximo, porque não temos 100% de certeza sobre o que o carro fará de uma curva a outra.”

Mais cedo na temporada, foi dito para Kubica ficar fora das zebras no Bahrein, devido à falta de peças de reposição para a equipe. Com a chegada de Baku, a equipe estará esperando por outra corrida cheia de incidentes para os outros times, para que eles possam ter a chance de levar para casa um resultado positivo.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Resumão do fim de semana do GP 1000 de Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: