Ocon preferindo não olhar para fora da F1

Esteban Ocon descartou correr em uma categoria diferente na próxima temporada, dizendo que não acha que ganharia nenhuma experiência necessária em outro lugar.

O francês estará enfrentando um ano sabático das corridas de Fórmula 1, já que está prestes a perder sua vaga na Force India no final desta temporada.

Ocon, embora cogitado na McLaren e na Renault no início do ano, ainda não encontrou uma nova equipe para se juntar em 2019, já que os rivais da Fórmula 1 não gostaram dos seus laços com a Mercedes.

No entanto, outras equipes em diferentes categorias demonstraram interesse em contratar o piloto de 22 anos.

Ele recusou.

“Existiram conversas que eu poderia correr em muitos lugares diferentes, e não vou entrar em detalhes”, disse ele. “Mas estamos escolhendo não fazer isso.”

Ele ainda está esperando por uma vaga na Williams, mas se isso não se concretizar, Ocon diz que está bem em passar um ano nos bastidores da Mercedes.

“Se eu não correr no próximo ano, vou optar por ficar perto da Mercedes e tentar aprender o máximo que puder com eles”.

“Talvez faça alguns testes aqui e ali, se possível, e trabalhe próximo a eles. Essa é a única coisa que posso fazer para ficar em forma, ficar na F1”.

“Eu não sinto que ganhe experiência se for a algum lugar, o que já fiz antes”.

“Para esperar por um lugar na F1, fiz o DTM, por exemplo. Nos tempos em que aprendi muito e não acho que seja o mesmo hoje em dia com a experiência que tenho na F1. Eu não pretendo correr em outro lugar”.

Quanto à possibilidade de competir pela Williams, ele disse: “O que eu sei é que não está nas minhas mãos. Não está nas mãos de meus empresários também”.

“É para Williams decidir, basicamente. Vamos ver como as coisas evoluem”.

“Há no momento duas corridas para fazer, então estou tentando me concentrar nisso e depois disso vamos ver o que acontece”, completou.