Mercedes seguiu a Ferrari para não participar da série da Netflix

O chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff, revelou por que a equipe não participou da nova série da Netflix: ‘Drive to Survive’. A série concentrou-se em outras equipes do grid.

Durante o fim de semana do Grande Prêmio da Austrália, Wolff explicou que a decisão de não participar da série, deveu-se em parte aos seus rivais no Campeonato do Mundo de 2018, a Ferrari, também não concordar em fazer parte do processo de filmagens.

“Tivemos algumas boas razões para não nos unirmos no ano passado”, disse Wolff à mídia em Melbourne.

“O principal motivo foi que eu senti que era uma grande distração, e poderia ser uma distração, especialmente porque nosso principal concorrente não estava fazendo isso”.

“Há um ambiente diferente quando você está dentro do seu círculo interno na equipe e você precisa protegê-lo, e então, você tem um microfone balançando sobre sua cabeça e uma câmera apontada para você”.

“A mídia já trabalha, tanto quando faz a Fórmula 1, e devemos ser gratos, tornou-se uma grande parte dos finais de semana de corrida. E senti que fazer mais disso, nos prejudicaria em nosso desempenho, e é por isso que decidi que não era para nós”, concluiu.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: