McLaren utiliza o primeiro treino durante os GPs para desenvolver carro de 2019

Fernando Alonso confirmou que a McLaren segue utilizando as sessões de sexta-feira, para se concentrar em testes aerodinâmicos para 2019, em vez de fazer a preparação para o fim de semana de corrida.

O bicampeão mundial acredita que o sacrifício – da primeira sessão de treino livre, antes dos respectivos GPs – valerá a pena. A equipe britânica, aparentemente, perdeu a batalha pelo quarto lugar neste ano, uma vez que já prepara as atualizações para 2019.

“Estamos trabalhando muito e muito profundamente na fraqueza do carro. Agora estamos no ponto em que sabemos exatamente o que fazer”, disse Alonso ao site da Fórmula 1.

“Existem algumas correções para este ano, mas vamos dizer que 70% do conhecimento e da compreensão do carro serão para o projeto do próximo ano, porque requer tempo – três ou quatro meses de desenvolvimento e tempo de túnel de vento, etc. – que é provavelmente melhor investir para 2019.”

Alonso ainda não confirmou se vai correr pela McLaren na próxima temporada, mas admite que a identificação dos problemas – no carro da equipe – lhe dá expectativas de um futuro melhor.

“Às vezes é bom se aprofundar nos problemas e no desempenho para entender o carro. Então eu vejo um futuro muito mais claro e brilhante agora com todos os problemas e todo o entendimento neste momento”, acrescentou Alonso.

O futuro do espanhol, mesmo na F1, ainda é motivo de segredos e rumores. Enquanto alguns especialistas afirmam que ele deve continuar na categoria, existem fontes que colocam o piloto de fora da F1 para 2019.