Lowe otimista em reviravolta na Williams: “Temos núcleo de equipe grande”

Paddy Lowe está esperançoso de que sua equipe Williams possa ter uma reviravolta positiva, para o resto da temporada, evitando terminar no fundo do Campeonato de Construtores.

Lowe, diretor técnico da Williams, veio da Mercedes e juntou a Williams em março do ano passado, trazendo muita expectativa. Mas seu carro de ‘estreia’, construído na equipe, provou ser pobre em performance de pista.

Até o momento o time só conquistou quatro pontos nesta temporada, com os pilotos, Sergey Sirotkin e Lance Stroll.

Devido a isso, já existem rumores ​​sobre o futuro de Lowe na Williams, mas o diretor de 56 anos tem esperanças de que sua equipe possa melhorar ainda nesta temporada.

“Eu tenho ótimas pessoas ao meu redor. Há alguns reforços necessários, mas temos o núcleo de uma equipe realmente grande, então acho que estamos em posição de começar a virar na direção certa”, disse Lowe ao ‘GrandPrix’.

O principal problema da equipe em 2018 é o carro, que precisa ser acertado em breve, antes que seja tarde demais na temporada.

“Muitos dos problemas com o carro deste ano são simplesmente exageros daqueles que tivemos no ano passado”, acrescentou Lowe.

“O grau de instabilidade do nosso carro tem sido muito extremo este ano. O carro do ano passado não foi ótimo em termos de estabilidade, mas esse recurso se tornou ainda pior no modelo deste ano.”

“Você tem que ir direto para o coração do que você está fazendo e algumas ciências básicas de como você está gerando desempenho”, detalhou Paddy Lowe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *