Liberações inseguras serão sempre punidas com penalidades de tempo, diz Masi

O diretor de corridas da Fórmula 1, Michael Masi, disse que as liberações inseguras das equipes nos boxes serão punidas com penalidade de tempo para os pilotos, independentemente de o piloto obter ou não vantagem.

A Ferrari foi multada quando liberou Charles Leclerc na frente da Haas de Romain Grosjean no Grande Prêmio da Alemanha, no mês passado, fazendo com que alguns fãs e especialistas questionassem se a decisão dos comissários foi a mais correta.

Mais agora esclareceu qual será a decisão a partir de agora: “Tivemos uma boa discussão e foi acordado que a partir deste fim de semana (GP da Hungria])efetivamente, esqueceremos o que aconteceu na primeira parte do no ano e, durante a corrida, se houver uma liberação insegura, será aplicada uma penalidade de tempo, independentemente de haver ou não uma vantagem real.

“Portanto, não haverá diferenciação. As equipes ficaram muito felizes de começar efetivamente a partir deste fim de semana e todas as equipes e diretores de equipe foram a favor da mesma coisa.”

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Assista ao forte acidente de Dennis Dirani na etapa da Porsche Cup em Estoril:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

Eurofarma terá quatro carros e Di Grassi na Corrida do Milhão da Stock Car:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: