Leclerc tem contrato com a Ferrari até 2022

Maurizio Arrivabene confirmou que a Ferrari tinha um plano de longo prazo quando assinou com Charles Leclerc, um contrato de quatro anos.

O piloto monegasco se tornará o piloto mais jovem a correr pela Scuderia em 50 anos, quando ele se unir à equipe para o início do campeonato de 2019.

“Quero dizer, quando você faz algumas escolhas como essa, elas estão relacionadas ao piloto, você não precisa procurar apenas compromissos de curto prazo, mas também compromissos de longo prazo”, disse Arrivabene.

“Longo prazo significa não só para o próximo ano, é para o futuro, eu estou falando sobre o futuro da equipe, você vai crescer com jovens talentos.”

Arrivabene continuou dizendo que estava feliz por Leclerc ter passado pelo programa Ferrari Young Driver.

“Ele é um dos pilotos talentosos que temos na Fórmula 1”, continuou o diretor da Ferrari.

“Graças a Deus ele é um cara que vai crescer conosco e espero que continue sua carreira conosco pelo menos até 2022, com certeza”.

“O primeiro erro é colocar muita pressão sobre os ombros desse cara, o que poderia ser potencialmente um grande erro”.

Leclerc vai se juntar à Ferrari depois de apenas um ano na Fórmula 1. Ele fará uma troca direta com Kimi Raikkonen, com o finlandês assumindo seu lugar na Sauber.

Arrivabene elogiou o finlandês, que em sua primeira passagem pela equipe garantiu o Campeonato Mundial em 2007.

“Ele é ótimo como ser humano e como piloto”, acrescentou Arrivabene.

“Se você tiver que fazer uma escolha pensando no futuro da equipe, acho que fizemos a escolha certa para nós e para Kimi.”

A Ferrari quebrou a tradição com o seu comunicado de imprensa, sobre o desligamento de Raikkonen, mas Arrivabene explicou por que eles fizeram isso.

“A maneira como escrevemos o comunicado de imprensa foi absolutamente intencional”, afirmou.

“Estávamos quebrando um pouco as regras da Ferrari, em que normalmente comunicamos isso em uma linha”.

“Nós estávamos dando o respeito a Kimi pelo que ele fez por nós, e desejando-lhe o melhor para o futuro.”

Finalmente, Arrivabene também comentou sobre o futuro de Antonio Giovinazzi, que deveria ocupar um lugar na Sauber para o próximo ano.

“Você verá sobre o futuro de Giovinazzi nas próximas semanas, então não estou nem um pouco preocupado”, concluiu.