Horner é contra rotular o Brexit como um pesadelo para a F1

Christian Horner, chefe da Red Bull, é contra chamar de ‘apocalipse’ o Brexit e seu impacto na Fórmula 1. No início desta semana, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, descreveu o Brexit como um ‘pesadelo’ para o esporte, mas Horner acha impossível afirmar isso, sem qualquer certeza sobre a situação.

O Reino Unido está atualmente sem um acordo com a União Européia, e deve ficar sem este acordo em 29 de março. Muitas empresas estão preocupadas com o futuro, e Toto Wolff está preocupado com o impacto que poderia ter na Fórmula 1.

No entanto, Christian Horner acredita que é difícil prever qualquer coisa, pois há muita incerteza.

“Obviamente, como equipe, fazemos nossa devida diligência, mas se houver um acordo, ou nenhum acordo, teremos que lidar com isso. A vida finalmente vai continuar”, disse Horner ao Crash.net.

“Acho que é importante que cheguemos a uma conclusão, mais cedo ou mais tarde, para nos livrarmos de toda a incerteza, porque é inquietante em muitos aspectos”.

“Eu acho que o Brexit é algo que realmente precisa ser abordado, para a clareza de todos, mais cedo ou mais tarde”, concluiu Horner.

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DA CIDADE DO MÉXICO | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 4ª etapa

 

F1 2019 | HAAS VF-19 e ALFA ROMEO C38 são apresentados em Barcelona:

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Racing Point apresenta seu carro para a Fórmula 1:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

F1 2019 | Renault apresenta o R.S.19:

 

“F1 2019 | Toro Rosso apresenta o STR14”:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: