Honda considera muito positivo ter três carros marcando pontos

O diretor técnico da Honda, Toyoharu Tanabe, ficou feliz em ver três dos quatro carros com motores Honda, terminarem nos pontos no Grande Prêmio da China, enquanto o quarto, Daniil Kvyat, abandonou após uma colisão na primeira volta.

Max Verstappen terminou em quarto para a Red Bull, enquanto seu companheiro de equipe Pierre Gasly terminou dois lugares atrás dele, em sexto. Para a Toro Rosso, o outro time da Honda, Alexander Albon terminou num bom 10º lugar, depois de começar a corrida da última posição, após ter batido seu carro no FP3.

“É bom ter novamente três carros nos pontos, mesmo que não consigamos terminar no pódio”, refletiu Tanabe no final de semana.

“Max fez um trabalho muito bom ficando entre as Ferraris, e terminando em quarto. Pierre já marcou pontos nas duas últimas corridas e também conseguiu a volta mais rápida hoje, o que é uma boa notícia para todos na equipe. Espero que ele leve esse momento para as próximas corridas”.

“Quanto à Toro Rosso, Alex foi muito bem, depois do acidente muito grande no sábado de manhã, e largar dos boxes, chegando em décimo na bandeira quadriculada, marcando um ponto .”

No lado técnico, Tanabe ficou feliz em anunciar que sua equipe se aproximou da Ferrari e da Mercedes em termos de desempenho.

“Também foi outro fim de semana onde vimos uma diferença clara entre os melhores times. Continuaremos pressionando muito no desenvolvimento para fechar essa diferença para novas corridas”, finalizou.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Chegou o GP 1000 da Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: