Hamilton faz volta “mágica” e garante a pole para o GP de Singapura

Lewis Hamilton conquistou a pole position para o Grande Prêmio de Singapura neste sábado na Marina Bay com uma volta, em suas palavras em entrevista após a conquista, “mágica” fazendo o tempo de 1:16.015s, novo recorde do circuito.

Foi a sétima pole do ano para o britânico, que colocou mais de seis décimos de vantagem sobre seu rival ao título da temporada Sebastian Vettel, que abre a segunda fila do grid na terceira posição. Max Verstappen, da Red Bull, vai alinhar ao lado de Hamilton para a corrida deste domingo.

Valtteri Bottas vai dividir a segunda fila com Vettel, já que o finlandês não conseguiu acompanhar o ritmo de seu companheiro de equipe, terminando a sessão quase sete décimos atrás de Hamilton.

A segunda Ferrari vai largar apenas na terceira fila, com Kimi Raikkonen conseguindo o quinto melhor tempo. O “Homem de Gelo” não conseguiu repetir o ritmo que teve há duas semanas em Monza, onde conquistou sua primeira pole position da temporada. Daniel Ricciardo vai largar ao seu lado na sexta posição.

Sergio Perez fez uma excelente volta final no Q3 para ser o melhor do pelotão intermediário na P7. Após as primeiras voltas, Nico Hulkenberg era o sétimo colocado, mas o alemão acabou terminando o Q3 na última posição e vair largar em 10º.

Romain Grosjean continuou seu bom ritmo apresentado em Singapura, e terminou na oitava posição, atrás da Force India de Perez. A outra Force India, de Esteban Ocon, dividirá a quinta fila com Hulkenberg, na nona posição.

Eliminados no Q2, Fernando Alonso e Carlos Sainz estão em uma boa posição para a largada de amanhã na P11 e P12, respectivamente, já que podem escolher livremente entre os compostos que irão começar a corrida.

Atrás da sexta fila espanhola estará a dupla da Sauber, com Charles Leclerc liderando Marcus Ericsson. Leclerc recuperou-se de seus problemas na sexta-feira, quando acertou o muro e danificou consideravelmente sua C37, e conseguiu bater seu companheiro de equipe por sete décimos.

Pierre Gasly e Brendon Hartley foram 15º e 17º, respectivamente, com Kevin Magnussen colocando a Haas entre as duas Toro Rosso. Magnussen reclamou após a sessão que não tinha aderência para forçar o carro ao limite, o que causou sua saída ainda no Q1.

Stoffel Vandoorne mais uma vez não conseguiu avançar para o Q2, e apenas superou Sergey Sirotkin e Lance Stroll, da Williams, que apresentou novamente um péssimo ritmo classificando-se mais de 1,4 segundos atrás da MCL33 de Vandoorne.

A largada para o Grande Prêmio de Singapura de Fórmula 1 acontece neste domingo (16 de setembro) às 09h10 do horário de Brasília. A F1Mania estará AO VIVO e em TEMPO REAL para todas as atividades no circuito da Marina Bay Street.

 

Grid de Largada – Grande Prêmio de Singapura de F1:

1) Lewis Hamilton (Mercedes) 1’36.015s
2) Max Verstappen (Red Bull/TAG Heuer) 1’36.334s
3) Sebastian Vettel (Ferrari) 1’36.628s
4) Valtteri Bottas (Mercedes) 1’36.702s
5) Kimi Räikkönen (Ferrari) 1’36.794s
6) Daniel Ricciardo (Red Bull/TAG Heuer) 1’36.996s
7) Sergio Pérez (Force India/Mercedes) 1’37.985s
8) Romain Grosjean (Haas/Ferrari) 1’38.320s
9) Esteban Ocon (Force India/Mercedes) 1’38.365s
10) Nico Hülkenberg (Renault) 1’38.588s
11) Fernando Alonso (McLaren/Renault) 1’38.641s
12) Carlos Sainz (Renault) 1’38.716s
13) Charles Leclerc (Sauber/Ferrari) 1’38.747s
14) Marcus Ericsson (Sauber/Ferrari) 1’39.453s
15) Pierre Gasly (Toro Rosso/Honda) 1’39.691s
16) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) 1’39.644s
17) Brendon Hartley (Toro Rosso/Honda) 1’39.809s
18) S.Vandoorne (McLaren/Renault) 1’39.864s
19) Sergey Sirotkin (Williams/Mercedes) 1’41.263s
20) Lance Stroll (Williams/Mercedes) 1’41.334s