Hamilton diz que GP holandês pode não ser bom para ultrapassagens

Lewis Hamilton gostou das informações, por enquanto especulativas, do retorno da F1 ao Circuito de Zandvoort em 2020, mas observa que no antigo circuito é difícil de ultrapassar. Acredita-se que os organizadores da corrida assinaram um contrato de cinco anos com a Liberty Media, para um Grande Prêmio da Holanda a partir do ano que vem.

Um Grande Prêmio do Vietnã, disputado em parte nas ruas de Hanoi, também está programado para o ano que vem, enquanto a Liberty Media continua determinada a adicionar uma corrida de rua em Miami.

Os circuitos de rua são tipicamente difíceis de ultrapassar, e Hamilton acredita que o mesmo poderia acontecer em Zandvoort, embora tenha sido relatado que o dinheiro está sendo buscado, para melhorar a maior parte do circuito e da área circundante.

Hamilton lembra de correr no circuito de Zandvoort, em seus dias nas categorias de base.

“Foi um ótimo circuito quando eu pilotei lá pela última vez”, disse o piloto da Mercedes, que conquistou a vitória sobre Sebastian Vettel em Zandvoort, durante a categoria F3 Euro de 2005.

“Foi difícil de ultrapassar. Não sei se isso mudou agora ou se algo vai mudar”.

“Talvez seja melhor com o DRS, mas acho que voltar à Holanda é muito legal”.

“As pessoas sempre falam sobre Paris, mas eu amo muito mais Amsterdã”, disse Hamilton à De Telegraaf. “É uma cidade jovem e fresca”, completou.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Resumão do fim de semana do GP 1000 de Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: