Hamilton acredita que regulamento torna difícil diminuir diferença de motor

Lewis Hamilton acredita que as regras e restrições impostas pela Fórmula 1, dificultam para sua equipe Mercedes diminuir a diferença de potência do motor para a Ferrari.

A Ferrari teve a maior velocidade máxima na qualificação no Grande Prêmio do Bahrein, e subsequentemente, ficou com a primeira linha. No entanto, a Mercedes respondeu brilhantemente, ainda que um pouco por acaso, para completar uma dobradinha.

As equipes só podem usar três unidades de potência completas em uma temporada de F1, algo que o campeão mundial acredita que torna mais difícil para a Mercedes, alcançar a velocidade da Ferrari.

“Pelo lado do motor, é muito difícil conseguir grandes ganhos sem correr riscos”, disse o pentacampeão mundial. “Especialmente com os regulamentos que temos hoje em dia, com a quantidade de motores e turbos. Esses passos são mais difíceis de encontrar”.

“É provavelmente uma combinação de algumas coisas. Mas fechar essa lacuna na velocidade de reta, não é algo que você verá de perto de forma particularmente rápida.”

Como resultado, Hamilton duvida que a Mercedes esteja significativamente mais próxima da Scuderia na China no final de semana: “Eu não sei se teremos muitas melhorias aqui”.

“Nós não trouxemos nenhuma atualização ou algo assim, então você não verá uma grande diferença. Chegando neste fim de semana, deve ser bem parecido com o fim de semana anterior”, completou Hamilton.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Vettel bate repetidas vezes no simulador em Xangai:

 

ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Renault apresenta o RS19

 

F1 2019 | Williams apresenta o novo FW42

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: