GP do Brasil: Dupla da Mercedes não está tranquila com a liderança de sexta-feira

Valtteri Bottas enfatizou que as pequenas margens no Grande Prêmio do Brasil significam que a Mercedes não pode se sentir confortável com sua posição no topo da tabela.

Bottas liderou o companheiro de equipe da Mercedes, Lewis Hamilton, após a conclusão da atividade de sexta-feira, enquanto a equipe se esforça para conquistar o quinto título consecutivo de Construtores.

A dupla foi separada por apenas 0,003s, enquanto o Sebastian Vettel da Ferrari terminou apenas 0,073s atrás do terceiro, com o piloto da Red Bull melhor posicionado, Daniel Ricciardo, a apenas três décimos de segundo.

“Nós realmente melhoramos o carro durante a tarde e eu consegui encontrar um ritmo”, disse Bottas, que foi sexto na sessão de abertura. “O ritmo parecia bom, mas é uma faixa curta, então as margens são pequenas. Não houve muita queda de pneus hoje, mas esperamos temperaturas mais altas, então teremos que esperar para ver se isso pode trazer alguns problemas”.

“É muito próximo entre os três melhores times, então não podemos nos sentir satisfeitos com nossos resultados hoje. Sabemos que todos os outros estarão trabalhando em seu desempenho durante a noite, então teremos que continuar pressionando também”.

Hamilton acrescentou: “Tem sido um dia relativamente normal, passamos por tudo que precisávamos. O carro parecia melhor do que no México, mas ainda estamos trabalhando em algumas questões. O ritmo não parece tão ruim, então temos que continuar trabalhando nisso e melhorando. É muito próximo entre todos nós na frente, mas acho que há mais potencial em nosso carro, então só precisamos tentar espremer isso”.

 

A F1Mania traz todas as informações do GP do Brasil ‘in loco’, com uma cobertura especial direto do autódromo de Interlagos.