GP da Espanha ainda mantém esperanças após anúncio de Zandvoort

Zandvoort vai retornar à Fórmula 1 em 2020, anunciou a categoria nesta terça-feira. Mas Vincenc Aguilera não descarta a permanência do GP da Espanha no ano que vem, descrevendo como uma “tragédia” se o Grande Prêmio espanhol sair do calendário.

Zandvoort foi anunciado como o anfitrião do GP da Holanda em um contrato de longo prazo e, apesar de não ter sua data confirmada, acredita-se que seja a primeira corrida na Europa da temporada, substituindo o Grande Prêmio da Espanha. O GP da Espanha é realizado no Circuito da Catalunha-Barcelona desde 1991.

Aguilera, chefe do circuito, disse ao ‘El Mundo Deportivo’: “Não estamos tendo nenhuma discussão sobre o calendário.

“Não é que seja um problema ou não. Nós podemos estar nele (no calendário de 2020), Zandvoort pode e outros também.

“O que seria uma tragédia é se perdêssemos a F1.

“Vamos lutar para manter a mesma data, mas também não seria problema se, eu preferiria que fosse 15 dias mais cedo ou mais tarde do que não ter F1.

“Temos até o verão basicamente. Pode ser em julho, ou no final de junho, ou ainda no final de julho se estiver complicado. Mas temos um tempo razoável para negociar”.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE MÔNACO | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 9ª etapa:

 

Lucas di Grassi comenta o ePrix de Mônaco 2019 – Fórmula E:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

ePRIX DE PARIS | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 8ª etapa:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: