Fórmula 1 deve abandonar os combustíveis fósseis

A Fórmula 1 deve dar um passo no sentido de tornar-se mais ecológica e ambientalmente mais amigável, quando o esporte começar a usar métodos de combustível não fóssil para abastecer seus carros. Chase Carey revelou planos para afastar o esporte dos combustíveis mais tradicionais, e espera reduzir sua emissão de carbono.

Carey acredita que a Fórmula 1 precisa dar um passo adiante, se quiser continuar relevante e atrair novos fãs.

“O motor híbrido foi um incrível passo à frente em termos de eficiência de combustível, mantendo a potência”, disse Carey ao ThisisF1.com.

“Agora estamos trabalhando agressivamente com a indústria do petróleo, em combustíveis sintéticos, biocombustíveis e combustíveis de hidrogênio”.

“Acho que, entre agora e o final do ano, você verá a questão da sustentabilidade se tornando uma parte muito mais frontal e central de nossa história”, acrescentou ele.

A Fórmula 1 parece estar consciente da ascensão da Fórmula E, e quer garantir que o esporte permaneça atualizado e retrate a imagem de ser mais amigo do meio ambiente.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Assista ao forte acidente de Dennis Dirani na etapa da Porsche Cup em Estoril:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

Eurofarma terá quatro carros e Di Grassi na Corrida do Milhão da Stock Car:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: