Flavio Briatore inicia uma nova carreira, mas não na Fórmula 1

Flavio Briatore está iniciando uma carreira totalmente diferente de seu passado na Fórmula 1. O ex-chefe de equipe está começando seu próprio partido político em uma estranha mudança de carreira.

Briatore é originalmente um empresário, mas foi bem sucedido como chefe de equipe de Fórmula 1 na Renault. Ele, a Renault e Fernando Alonso, interromperam o domínio de Michael Schumacher, ao vencerem dois consecutivos campeonatos mundiais de F1 em 2005 e 2006.

Sua carreira parou subitamente depois de ser suspensa pela FIA, como resultado de um “acidente premeditado” no Grande Prêmio de Cingapura de 2008. Nelson Piquet bateu no muro, comandado pela equipe, para dar a Alonso uma chance maior de vencer a corrida. Ele não voltou para a Fórmula 1 desde então, embora tenha estado presente em algumas corridas.

Agora Briatore está entrando em uma nova aventura. Ele está começando seu próprio partido político, porque acredita que a política italiana está em um ponto crucial, e que ele pode agir sobre o assunto. Seu partido chama-se Il Movimento del Fare, que se traduz livremente em “A festa para os fazedores”.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Assista ao forte acidente de Dennis Dirani na etapa da Porsche Cup em Estoril:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

Eurofarma terá quatro carros e Di Grassi na Corrida do Milhão da Stock Car:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: