Ferrari usará a mesma unidade de potência do Bahrein para Leclerc na China

A Ferrari vai reutilizar em duas semanas na China, a mesma unidade de potência, que negou a Charles Leclerc sua primeira vitória na Fórmula 1.

Tendo dominado a qualificação de sábado, Leclerc superou uma má largada, para ultrapassar o seu companheiro de equipe, Sebastian Vettel e abrir uma grande vantagem, que inevitavelmente ele teria garantido, se não fosse por uma falha no motor do seu SF90.

Leclerc perdeu a vitória para Lewis Hamilton, depois que um aparente problema no cilindro, fez com que o piloto monegasco perdesse a potência do motor no GP do Bahrain.

“Vamos precisar de algum tempo para a análise do motor na fábrica, mas sabemos que é um problema limitado a um elemento, neste caso um cilindro”, disse ele ao La Repubblica.

“O que é certo é que não vamos mudar a forma como usamos o motor. E é certeza também, que fomos rápidos, mesmo que isso não signifique que esse desempenho seja suficiente para o resto da temporada.”

“Sabemos que temos um bom pacote e estamos trabalhando muito para desenvolvê-lo. Estamos desapontados com o resultado da corrida, mas o clima é bom, a temporada é longa e há muitos aspectos positivos.”

“Foi decepcionante, mas não estamos alarmados”, completou.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: