Ferrari nega superioridade nas retas

“Não há muita diferença nas retas” entre Ferrari e seus rivais, diz Binotto

O chefe da Ferrari, Mattia Binotto, minimizou a diferença entre a velocidade de reta de sua equipe comparada com a da Mercedes e descartou que Baku irá favorecer a Scuderia.

O Circuito da Cidade de Baku abriga a reta mais longa do calendário da Fórmula 1, com aproximadamente 1.500 metros. Com a unidade de potência da Ferrari sendo elogiada pela sua velocidade superior nas retas, este seria o motivo pelo qual a equipe é vista como a grande favorita.

No entanto, Binotto respondeu a isso dizendo que a diferença de potência é mínima.

“Se você ver a velocidade da Mercedes (na China), acho que eles eram muito fortes também” disse o italiano ao ‘RaceFans’.

“Eu não acho que há muita diferença nas retas entre nós e os outros.

“Baku é um circuito onde você tem uma configuração aerodinâmica diferente, e não acho que as unidades de potência podem ser alteradas aerodinamicamente.

“Não são apenas as retas em Baku, são muitas curvas. É um circuito que é muito difícil a esse respeito, então vamos ver.

“Há corridas onde você pode estar na frente por alguns centésimos.”

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Resumão do fim de semana do GP 1000 de Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: