Ferrari nega afirmações de que Binotto estaria isolado dentro da equipe

O CEO da Ferrari, Louis Camilleri, criticou as declarações do ex-chefe da Ferrari, Luca di Montezemolo, que afirmou que o atual chefe da equipe, Mattia Binotto, está isolado dentro da empresa.

Em uma entrevista com o La Republica, di Montezemolo disse o seguinte sobre Binotto:

“Binotto é um líder talentoso, mas ele está correndo o risco de não receber nenhum apoio dentro da empresa”, explicou o italiano.

“Quando a Ferrari venceu, o chefe de Ross Brawn era Jean Todt, e eu estava acima de Todt com 30 anos de experiência na Fórmula 1. Binotto está em outra situação.”

O próprio Binotto descartou essas observações e obteve apoio de seu superior, Camilleri, que sublinhou as relações dentro da equipe.

“A temporada é longa, provamos ter um carro rápido e equilibrado, e estamos comprometidos em melhorar sua confiabilidade”, disse Camilleri ao Corriere della Serra.

“Temos dois grandes pilotos e um grande chefe de equipe que não é apenas um grande líder, mas também tem um profundo conhecimento da Ferrari e da tecnologia”.

“Somos uma equipe unida, serena, determinada e talentosa, e damos tudo para alcançar nossas ambições”, completou.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Chegou o GP 1000 da Fórmula 1:

 

ePRIX DE ROMA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 7ª etapa

 

ePRIX DE ROMA – Lucas di Grassi fala sobre sua corrida e os bons pontos somados no Mundial

 

‘GAME OF ROMES’ – Fórmula E lança vídeo baseado na série de sucesso GAME OF THRONES

 

Fórmula 1 anuncia o Brasil como uma das sedes do “F1 Festival” em 2019

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: