Ericsson diz que motor Honda é muito mais forte do que as pessoas pensam

Eles podem ter o motor mais fraco em termos de potência, mas o piloto da Sauber, Marcus Ericsson, revelou que o motor de Fórmula 1 da Honda, é realmente muito mais forte do que as pessoas pensam.

A Honda deve apresentar uma nova especificação do seu motor, no Grande Prêmio dos Estados Unidos no final deste ano, essa especificação é supostamente melhor em 35 cavalos de potência, elevando seu total para 750 HPs, ultrapassando a Renault.

No entanto, seu motor atual não deve ser subestimado. A Toro Rosso, a única equipe que é impulsionada pela Honda, conseguiu pontuar em Monza há duas semanas, apesar de Monza ser famosa por ser muito exigente em termos de potência. É exatamente por isso que Ericsson acha que a Honda não deve ser menosprezada.

“Eu estava na zona de DRS de Gasly e não consegui ultrapassá-lo, nem consegui chegar perto”, disse o sueco ao Motorsport.

“Acho que isso mostra que a Honda deu grandes passos para frente”.

“Eu ainda acredito que a Mercedes e a Ferrari são as duas unidades de potência mais fortes, mas a Honda é muito mais forte do que o crédito que recebe.”

O diretor técnico da Honda, Toyoharu Tanabe, também foi positivo em relação ao seu produto, dizendo que o resultado de Pierre Gasly na Itália, foi de fato muito motivador para os japoneses.

“Como um pacote, incluindo o gerenciamento de energia, funcionou bem”, disse Tanabe ao Motorsport.

“Ainda estamos alcançando os fabricantes mais fortes que têm motores superiores aos nossos, então, é claro que esperávamos fins de semana de corrida difíceis em circuitos de alta velocidade”.

“É por isso que o resultado é muito bom e importante para a nossa motivação”, finalizou.