Chandhok acha que mudanças nas regras em 2021 são oportunidade para recomeço

Com a Fórmula 1 pronta para fazer grandes mudanças nas regras em 2021, o comentarista da Sky Sports F1, Karun Chandhok, acredita que poderia ser uma grande oportunidade para o esporte apertar o botão de reset, e abordar questões como a falta de ultrapassagens e previsibilidade.

A atual era de regulamentos, a era V6 híbrido-turbo, foi dominada pela Mercedes, com a equipe vencendo todos os campeonatos desde o início da era, em 2014. Especialmente Lewis Hamilton se beneficiou das mudanças, já que o britânico ganhou quatro títulos em cinco anos.

Os proprietários da F1, a Liberty Media e o diretor de automobilismo Ross Brawn, destacaram a necessidade de uma grande reformulação das regras para melhorar o esporte como um produto. Em 2021, grandes mudanças provavelmente incluirão motores mais simples, mais barulhentos (e, portanto, mais baratos), além de um teto para o orçamento de uma equipe, na tentativa de aproximar o grid.

Chandhok, ex-piloto de F1 e atual especialista, acredita que 2021 é um grande ponto de virada para o futuro de longo prazo do esporte.

“2021 é uma grande oportunidade para a F1, agora que eles aproveitem essa oportunidade ainda está para ser visto”, disse ele ao Crash.net no Autosport International Show.

“Ainda não vimos nenhuma regra concreta para 2021. Há muitos rumores e conversas, mas nada verdadeiramente estabelecido ainda, então vamos esperar para ver”.

“Espero que eles aproveitem a oportunidade para fazer um grande reset. Ele realmente precisa de alguém da F1 ou da Liberty para realmente pegar o touro pelos chifres e dizer ‘olha, vamos tornar o esporte melhor, vamos melhorar as corridas e os carros menos complicados’, e apenas nos comprometer com isto. Se eles puderem, é ótimo para todos assistirem.”

Os sons, como mencionado anteriormente, são um tópico que a Liberty Media deseja abordar. Fãs, pilotos e equipes concordam que na F1 está faltando algo nessa parte, com os motores V6 não parecendo tão bons quanto os tempos anteriores do V8 e do V10.

“Qualquer um que é fã do esporte entende por que o barulho dos carros é tão importante. É uma coisa muito emotiva”.

“Eu morava em Brackley, a 10 quilômetros de Silverstone, e podia ouvir os testes da F1 e pular no carro para Silverstone, para ficar na grama e assistir ao teste, porque sou fã do esporte. Acho que está faltando um pouco disso agora”, concluiu Chandhok.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – “Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS | FÉRIAS F1MANIA”:

 

“Schumacher não respira com ajuda de aparelhos”, diz jornal britânico:

 

Confira os melhores momentos da Fórmula E em Marraquexe:

 

EQUIPES E PILOTOS | FORMULA E 2018/2019 | Campeonato ABB FIA Fórmula E

 

Assista ao “RESUMÃO” das novidades da F-E para temporada 2018/2019?