Carlos Sainz “perdeu a chance de entrar” para a Red Bull em 2017

Carlos Sainz afirmou que poderia correr atualmente pela Red Bull se não tivesse “perdido a chance de entrar” em 2017. O piloto espanhol, que agora guia pela McLaren, acredita que sua decisão de deixar a Toro Rosso continua sendo correta, apesar da transferência de Daniel Ricciardo para a Renault, que poderia ter deixado um assento vago para Sainz na equipe de bebidas energéticas.

“Poderia ter acontecido de qualquer forma, eu ou o Gasly”, disse Sainz ao jornal ‘AS’, em Melbourne.

“Mas eu sei que quando deixei a Toro Rosso para ir para a Renault, realmente perdi meu ingresso para ir para a Red Bull. E fiz isso conscientemente e ainda acredito que foi uma boa decisão para o meu futuro”.

Sainz agora está pilotando pela McLaren. Sua corrida de estreia na Austrália não aconteceu como planejado depois que seu motor pegou fogo forçando-o a abandonar a corrida. Enquanto isso, seu companheiro de equipe Lando Norris marcou pontos em sua primeira corrida.

Mas Sainz está confiante de que encontrou um bom lugar na equipe de Woking, afirmando que não há outro lugar melhor fora das três grandes.

“Neste momento, se você não está na Red Bull, Ferrari ou Mercedes, acho que o melhor lugar para se estar é na McLaren. Prefiro estar aqui com um contrato de dois anos e não trocaria de lugar por nada”, disse Sainz.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE HONG KONG | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 5ª etapa

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: