Briatore questiona a atitude de corrida de Vettel

Flavio Briatore questionou a atitude de Sebastian Vettel na corrida pelo título deste ano, dizendo que o piloto da Ferrari está muito focado em vitórias nas corridas, sem olhar o quadro geral.

Com quatro corridas restantes nesta temporada, Vettel está enfrentando a perspectiva muito real de perder o título mundial para Lewis Hamilton.

Se o britânico vencer a próxima corrida, o GP dos Estados Unidos e Vettel ficar em terceiro ou menos, o troféu vai para Hamilton pela quinta vez.

Briatore diz que é porque Vettel continua indo para as vitórias individuais, quando deveria estar focado no campeonato.

“Ele terminará em segundo, e é sempre uma linha tênue entre o vencedor e o primeiro perdedor”, disse ele ao jornal Bild.

“Eu acho que Sebastian cometeu muitos erros este ano”.

“Você não precisa vencer todas as corridas para ser campeão mundial, você tem que continuar pontuando”.

“Vettel corre para vitórias, e não é assim que funciona.”

O italiano explicou seus pensamentos durante um podcast com o campeão mundial de 2016, Nico Rosberg.

Ele destacou o erro de Vettel no Grande Prêmio da Itália, quando atingiu Hamilton tentando defender sua posição, como um estudo de caso da mentalidade incorreta do alemão.

“Você precisa explicar a ele que a corrida é de 53 voltas, não uma volta”, disse ele. “Eu lembro que tivemos a mesma experiência com o Fernando Alonso”.

“Quando você quer ganhar o campeonato, terminar em terceiro lugar já é bingo. É importante ficar na pista”.

“O acidente de Vettel em Monza não fez sentido, honestamente. Você sabe que o carro é melhor, você só freia e fica para trás, finito. Você tem mais 50 voltas para recuperar a posição”.

“Se você sair, você tem zero voltas para se recuperar”.

“Claro, com o carro que ele tem, ele pode terminar em quarto porque o carro é melhor que o resto da competição”.

“Mas quando você quer ganhar o campeonato, você tem que ser um mestre nisso, e se sair bem e terminar em segundo e terceiro também”.

“O objetivo é apenas marcar os pontos. Você não precisa vencer todas as corridas para ganhar o campeonato. Não é sobre as vitórias em corridas, é sobre os pontos”.

“Se você tem um carro competitivo, você ultrapassa alguém. Se você tiver um acidente com o cara que tem mais pontos do que você, a vantagem vai para o seu concorrente”, concluiu.