Boullier percebeu Honda “despreparada” na primeira reunião com a McLaren

O ex-chefe da McLaren, Eric Boullier, disse que teve um mau pressentimento sobre o acordo com a Honda desde a primeira reunião.

Boullier deixou suas funções na McLaren em 2018, e falou sobre seu tempo na equipe, mais notavelmente, sobre o período com os motores Honda.

“Já na primeira reunião, percebi como eles estavam despreparados para o enorme desafio que enfrentavam”, disse Boullier à publicação francesa ‘Auto Hebdo’.

“Eu disse imediatamente a Ron Dennis que precisaríamos de pelo menos três ou quatro anos de desenvolvimento para chegar ao topo, mas os contratos já estavam assinados e Dennis tinha certeza de que poderia reviver os sucessos do passado.

“Os motores atuais são muito sofisticados e apenas a Mercedes estava pronta para supterar a concorrência com base em anos de desenvolvimento.

“A união entre a McLaren e a Honda não poderia ter chegado em um momento mais complicado em termos do momento técnico-histórico”.

A McLaren trocou os motores Honda pelos da Renault antes da temporada de 2018, mas isso ainda não trouxe bons resultados para a equipe.

“Percebemos em abril (na última temporada) que perdemos completamente o objetivo com o carro”, acrescentou ele.

“Encontramos sérios problemas na correlação de dados e nenhuma solução (foi apresentada) mesmo que fosse tarde demais.

“Em alguns aspectos, éramos menos competitivos do que em 2017, o que era difícil de lidar”.

Os dois carros da McLaren ficaram fora dos pontos na abertura da temporada deste ano na Austrália, com Carlos Sainz o primeiro a abandonar com um problema no MGU-K.

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE SANYA | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 6ª etapa

 

Confira o GRID COMPLETO da temporada 2019 da COPA TRUCK:

 

F1 2019 | Ferrari apresenta SF90 vermelha e preta fosco:

 

F1 2019 | MCLAREN apresenta o MCL34:

 

F1 2019 | Red Bull apresenta RB15 ‘roxo, preto e vermelho’:

 

F1 2019 | Mercedes apresenta nova pintura para o W10:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: