Bottas descreve a volta mais rápida de Hamilton como “impossível” de bater

O safety car poderia ter sido um problema para Lewis Hamilton durante o Grande Prêmio da Espanha de domingo, mas ele respondeu a todas as perguntas cravando a volta mais rápida. Um tempo de volta que Valtteri Bottas acredita ser “impossível” de bater.

Os engenheiros da Mercedes, preocupados com a possibilidade da perda da dobradinha, pediram aos pilotos que parassem de buscar marcar a volta mais rápida. Mas antes que eles tivessem uma chance, Hamilton colocou uma dentro e Bottas respondeu.

“Na primeira volta da relargada, tentei ver se havia alguma oportunidade para eu pegá-lo”, disse Bottas ao RaceFans.

“Não houve, então na próxima volta eu fui para o modo de carregamento da bateria, então eu carreguei completamente, tentei a volta depois, mas senti que já havia perdido a borda do novo pneu. Então Lewis tinha uma volta mais rápida, então ele conseguiu. Obviamente, para mim estar bem atrás dele, é praticamente impossível, com o mesmo carro, marcar uma volta mais rápida.”

O tempo mais rápido de Bottas foi 0,245 segundos mais lento que o de Hamilton. O ponto de bônus significou que Hamilton levou para casa 26 pontos, dando a ele uma vantagem no campeonato de sete pontos.

 

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE MÔNACO | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 9ª etapa:

 

O QUE APRENDEMOS COM O ePRIX DE MÔNACO 2018/19?

 

Lucas di Grassi comenta o ePrix de Mônaco 2019 – Fórmula E:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

ePRIX DE PARIS | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 8ª etapa:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: