Após solucionar problema no chassi, Vandoorne quer espantar rumores sobre sua saída da McLaren

O chassi do carro de Stoffel Vandoorne foi considerado responsável pela falta de ritmo nas últimas corridas. De acordo com o próprio piloto, a diferença entre ele e Fernando Alonso era bastante questionável. Mas diferente do que a maioria pensava, o grande vilão foi o chassi.

Em entrevista ao final do GP da Hungria, Vandoorne ficou aliviado por ter realizado “um final de semana normal” em comparação com os baixos resultados que havia enfrentado até aquele momento.

Apesar de não ter terminado a corrida devido a uma falha na caixa de velocidade, Vandoorne disse à imprensa que estava contente com a forma como o seu fim-de-semana acabou.

“Voltamos ao normal e isso é positivo. Foi bom ter um final de semana normal novamente. Eu tive uma sexta-feira normal, onde trabalhei para melhoria do set-up, em vez de ter que ir atrás de  outras coisas, bom, então estou satisfeito”.

Há rumores de que o piloto de 26 anos corre o risco de perder sua vaga na McLaren devido a desempenho inferior nas últimas duas temporadas. Carlos Sainz foi cotado para ser um possível substituto , completando toda a formação espanhola na equipe. Há alguns anos, o próprio Alonso afirmou que a escuderia era “britânica demais”.

Em caso de saída da McLaren,  o piloto ainda pode continuar na categoria e ganhar apoio na Sauber, Fred Vasseur, diretor da Sauber, é um grande fã de Vandoorne e pode levá-lo para ser  substituto de Charles Leclerc caso o piloto migre para Ferrari ou a Haas.