Wolff sobre o Canadá: “Que eu me lembre, foi o final de semana mais difícil”

O chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff, admitiu que a equipe estava preocupada com a condição do W10 de Lewis Hamilton durante o Grande Prêmio do Canadá.

A equipe descobriu um vazamento hidráulico no final da tarde de sábado, que exigiu a desmontagem completa da parte traseiro do carro para corrigir o problema.

Então, ao acelerar na volta de formação, Hamilton deu um tranco no W10 e rapidamente perguntou para a equipe se ainda havia algum problema com o carro.

Falando após a corrida, Wolff admitiu que a equipe não teve um fim de semana fácil no Canadá – além da gripe que afetou metade da equipe – enquanto o carro do campeão teve que ser reconstruído.

“O que parece ser apenas uma vitória foi um fim de semana muito difícil para a equipe nos bastidores”, disse Wolff à mídia depois da corrida.

“Nós tínhamos um carro que estava completamente desmontado pela manhã, por causa do vazamento hidráulico e não tínhamos certeza se poderíamos competir e se terminaríamos a corrida.

“E também, metade da equipe estava sofrendo da gripe nos bastidores. O que ninguém vê. Foi uma questão de superação.

“Tivemos o motor que explodiu no carro do Lance (no TL3), que não sabíamos se isso iria nos afetar.

“No geral, o fim de semana de corrida mais difícil que eu me lembre, mesmo que não tenha parecido assim do lado de fora.”

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/F9GwK1YT4yACqHsym6pqu8

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX DE BERLIM | Melhores Momentos | FÓRMULA E 2018/19 – 10ª etapa:

 

Lucas di Grassi comenta VITÓRIA no ePrix de Berlim 2019 – Fórmula E:

 

STOCK CAR 2019 | Goiânia | MELHORES MOMENTOS (4ª e 5ª etapa):

 

WILSINHO FITTIPALDI e seu “ADEUS” para NIKI LAUDA:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: