Wolff comentou sobre Leclerc: “Pilotos mais jovens são mais agressivos”

Toto Wolff acredita que a decisão da FIA de não penalizar Charles Leclerc por forçar Lewis Hamilton a sair da pista, causará mais colisões em corridas futuras. O chefe da Mercedes também acredita que os pilotos mais jovens são mais agressivos, pois não estão necessariamente na disputa pelo campeonato, e portanto, podem correr mais riscos.

“Acho que agora teremos mais situações em que os carros se tocarão”, disse Wolff ao Crash.net. “Tenho a ideia de que vamos manter isso até o momento em que finalmente ocorrer um acidente, e depois voltaremos ao modo antigo. Até lá, vamos deixá-los correr”.

“Em outro exemplo, Lewis sabia perfeitamente o que estava fazendo, salvou e não perdeu nenhum pedaço ou parte no incidente, mas ele poderia ter decidido igualmente que não vai deixar isso acontecer e colocar os dois carros fora da corrida”.

“Nos últimos anos, vimos que especialmente os pilotos mais jovens são mais agressivos. Tais movimentos (como os de Leclerc) podem facilmente levar a uma batida no muro, se nenhum piloto quiser dar espaço. Vimos neste jogo (entre Hamilton e Leclerc), que as pessoas que disputam o título o deixaram ir. Nesse caso, isso salvou Charles”.

Wolff ficou satisfeito que a Mercedes tenha obtido um resultado consistente em Monza, mas espera voltar à liderança em Cingapura na próxima vez.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/IHEmXnwxu3JDk3pmRviZ7r

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – AUDI apresenta o E-TRON FE06 para a temporada 2019/20 da FÓRMULA E:

 

O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE CUP BRASIL | ETAPA ESTORIL 2019 | MELHORES MOMENTOS:

 

Fórmula E: Como pilotos e equipes se comunicam:

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: