Verstappen ultrapassa Leclerc no fim para encerrar domínio da Mercedes e vencer na Áustria

Max Verstappen pôs um fim ao domínio da Mercedes na Áustria ao conquistar uma vitória emocionante nas últimas voltas da corrida com uma ultrapassagem no final sobre Charles Leclerc, da Ferrari, pela liderança.

O holandês, que largou em segundo, teve uma largada horrível ao ver seu carro engasgar, caindo para oitavo atrás do seu companheiro de equipe Pierre Gasly, mas fez uma corrida brilhante para subir pela ordem antes de atacar no final da corrida para vencer no Red Bull Ring, circuito da sua equipe.

A vitória também é a primeira da Honda desde retorno à Fórmula 1 e a primeira da Red Bull na temporada 2019 – a vitória, no entanto, permanece sob investigação com a manobra pela liderança despertando o olhado dos comissários já que Verstappen e Leclerc se tocaram.

Leclerc terminou na segunda posição apesar de liderar a maior parte da corrida, apenas perdendo a posição da frente quando ele fez sua primeira parada e então na volta 69 de 71 quando Verstappen pulou para frente. Ele permaneceu dentro de 2.7 segundos de Verstappen ao cruzar a linha de chegada, com uma investigação ainda em curso.

Valtteri Bottas, da Mercedes, completou o pódio, em um distante terceiro lugar com uma desvantagem de 16 segundos já que a sua equipe não tinha o ritmo necessário para brigar com a Ferrari ou Red Bull, com ambos os carros sofrendo com problemas de refrigeração.

Sebastian Vettel foi o único piloto entre os líderes a fazer duas paradas e conseguiu subir de nono para o quarto lugar, passando Hamilton na penúltima volta para derrubar o britânico para quinto.

O alemão sofreu com uma primeira parada muito ruim, já que a Ferrari não estava pronta com seus pneus, o que pode lhe ter custado uma posição no pódio, já que ele terminou um segundo atrás do finlandês.

Lando Norris, da McLaren, foi sexto, superando Pierre Gasly na bandeirada com a segunda McLaren de Carlos Sainz Jr. subindo de 19º para 8º. As duas Alfa Romeo completaram o top 10 com Kimi Raikkonen à frente do seu companheiro Antonio Giovinazzi.

Verstappen, além de vencer, cravou a melhor volta da corrida e, por isso, conquista um ponto extra no campeonato.

A corrida foi a resposta perfeita para a corrida entediante do GP da França e encerra o domínio completo da Mercedes nesta temporada.

A Fórmula 1 volta à ação em duas semanas com o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone.

Confira o resultado do GP da Áustria:

1) Max Verstappen (Red Bull-Honda)
2) Charles Leclerc (Ferrari)
3) Valtteri Bottas (Mercedes)
4) Sebastian Vettel (Ferrari)
5) Lewis Hamilton (Mercedes)
6) Lando Norris (McLaren-Renault)
7) Pierre Gasly (Red Bull-Honda)
8) Carlos Sainz Jnr (McLaren-Renault)
9) Kimi Raikkonen (Alfa Romeo-Ferrari)
10) Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo-Ferrari)
11) Sergio Perez (Racing Point-Mercedes)
12) Daniel Ricciardo (Renault)
13) Nico Hulkenberg (Renault)
14) Lance Stroll (Racing Point-Mercedes)
15) Alexander Albon (Toro Rosso-Honda)
16) Romain Grosjean (Haas-Ferrari)
17) Daniil Kvyat (Toro Rosso-Honda)
18) George Russell (Williams-Mercedes)
19) Kevin Magnussen (Haas-Ferrari)
20) Robert Kubica (Williams-Mercedes)

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/F9GwK1YT4yACqHsym6pqu8

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX da SUÍÇA | Melhores Momentos | 11ª etapa Fórmula E 2018/19:

 

Análise: Vettel CULPADO ou INOCENTE no GP do Canadá? partc. Sérgio Milani. Veja abaixo:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: