Verstappen comenta sobre o avanço dos simuladores: “95% de realismo”

Atualmente, os testes na pista são extremamente limitados. Uma das maneiras de testar diferentes configurações, componentes e coletar dados gerais é usar um simulador. O simulador melhorou nos últimos anos e Max Verstappen acredita que possui 95% de realismo.

“É por isso que praticamos muito no simulador”, explica o holandês no The Rich Eisen Show.

Verstappen sugere que a única coisa importante que falta no simulador são as forças G. “Eu diria que 95% de realismo, os 5% ausentes são as forças G, porque você não pode replicar isso no simulador”, acrescentou Verstappen.

Na F1 moderna, a maior parte do trabalho importante é realizada antes mesmo de um carro entrar na pista, no período que antecede a corrida. “Garantimos que o carro esteja pronto antes de partirmos para o circuito, porque o tempo de execução é muito limitado. Tornar-se mais preparado é melhor, porque você pode realmente tomar medidas durante o fim de semana”, diz o holandês.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/HCe0RomLk5a0es06X99dHI

 

Inscreva-se em nosso canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/f1mania?sub_confirmation=1

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – Visitamos o DAYTONA INTERNATIONAL SPEEDWAY | FÉRIAS F1MANIA:

 

FELIPE MASSA disputa corrida de karts elétricos em SÃO PAULO | FÓRMULA E:

 

HEINEKEN: #OBRIGADOSENNA, filme exalta poder de união do ídolo brasileiro AYRTON SENNA:

 

12º no geral, Felipe Massa comenta os testes da pré-temporada FÓRMULA E 2019/2020 realizado em Valência:

 

Lucas Di Grassi comenta os testes da pré-temporada 2019/2020 da Fórmula E

 

EXTREME E revela área da Amazônia, no Brasil, onde acontecerá etapa da categoria:

 

O que um piloto de Fórmula E faz durante as férias?

 

PORSCHE ENDURANCE SERIES |300 KM DE GOI NIA | MELHORES MOMENTOS: