“Permitir que Hamilton viva a vida como ele quer, é a chave para o sucesso”, diz Wolff

O chefe da equipe Mercedes, Toto Wolff, afirmou que permitir que Lewis Hamilton viva sua vida do jeito que ele quer, foi fundamental para o seu sucesso e para o sucesso da equipe nos últimos anos.

Desde o segundo semestre da temporada do ano passado, Hamilton disse que encontrou um “ponto ideal” na Fórmula 1, e aproveitou ao máximo as 12 vitórias em suas últimas 17 corridas, ao mesmo tempo em que conquistou o quinto título mundial no ano passado.

Mas ao longo dos últimos dois anos, Hamilton aproveitou mais sua vida e o que ele faz com ela, seja lançando uma linha de roupas com Tommy Hilfiger ou aventuras, e seu estilo de vida.

Muitos criticaram isso, por não estar totalmente comprometidos com seu trabalho como piloto de Fórmula 1, mas Wolff afirma que permitir que Hamilton tenha essa liberdade, tenha sido fundamental para seu recente sucesso.

Wolff disse à BBC Sport: “O mais importante é reconhecer que somos todos indivíduos diferentes, e precisamos de estruturas diferentes para ter um bom desempenho”.

“Lewis é alguém que precisa ser capaz de seguir suas outras ambições e interesses”.

“E em vez de colocar alguém em uma caixa e dizer: ‘É assim que um piloto de corrida precisa se comportar, você precisa chegar na hora, deve evitar o jet lag antes da corrida, ou não gravar música durante a noite e tentar dormir’, percebi muito cedo que, dando-lhe a liberdade de perseguir seus interesses, fomos capazes de extrair mais desempenho na pista”.

“Tenho a sensação de que ele precisa tirar sua mente do automobilismo”.

“Se ele é capaz de fazer um desfile de moda que o excita, ou gravar algumas músicas, ou fazer snowboard com seus amigos, ele se esquece do lado das corridas, e ele pode voltar mais forte e mais energizado”.

Wolff também descreveu a persistência de Hamilton em tentar ser o melhor que pode, e isso refletir sobre a equipe e os ajudar a progredir a cada ano.

“Lewis tem desempenhado um papel importante nisso”, acrescentou Wolff.

“Ele nunca para de pressionar por desempenho. Ele é muito autocrítico”.

“Ele é o único piloto que eu já vi entrando em uma reunião e dizer: ‘Não olhe para os meus dados, porque a minha pilotagem não foi boa o suficiente.’ E isso de um cinco vezes campeão mundial”.

“Esta busca incessante de ter um amanhã melhor do que você tem hoje, e honestidade brutal consigo mesmo, transparência dentro da organização para superar erros e deficiências, é algo que é uma parte muito grande do caráter de Lewis, e a mentalidade do equipe”, completou.

 

Receba as notícias da F1Mania pelo WhatsApp: https://chat.whatsapp.com/F9GwK1YT4yACqHsym6pqu8

 

Confira os últimos vídeos do canal da F1MANIA no YouTube – ePRIX da SUÍÇA | Melhores Momentos | 11ª etapa Fórmula E 2018/19:

 

Análise: Vettel CULPADO ou INOCENTE no GP do Canadá? partc. Sérgio Milani. Veja abaixo:

 

GP DO BRASIL 2020 será realizado no RIO DE JANEIRO, diz JAIR BOLSONARO:

 

Vídeo mostra o traçado do novo AUTÓDROMO de DEODORO no RIO DE JANEIRO

 

FÉRIAS F1MANIA | Pilotamos uma FERRARI 488 GTB no SPEEDVEGAS: